Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

doce dezembro

doce dezembro

26
Fev18

Yesss

M

Depois de um largo período de tempo sem nada do meu agrado a passar à noite na tv, eis que finalmente estreia a nova Casa dos Segredos, e eu só posso dizer que as expectativas para esta temporada estão mais do que elevadas! Primeiramente, pois vem uma temporada com a cara bem lavadinha. Já não tenho de "aturar" aquela Teresa Guilherme, o que já por si é ótimo.

 

A gala de ontem prendeu-me do início ao fim, não só por ser o "tio" Goucha o novo apresentador, mas também devido aos próprios concorrentes e aos seus respectivos segredos. Segredos esses fortes, bem pe(n)sados! Não os senti como segredos "escolhidos à última da hora" como nas últimas edições.

 

Um dos meus segredos favoritos foi sem dúvida o do casal homossexual. Não estava de todo à espera, mas achei um momento lindo.

 

Até agora não vi os concorrentes em jogo para os avaliar, mas não fui propriamente com a "cara" de alguns jogadores, coisa que pode ou não mudar no decorrer destas próximas semanas.

 

Quanto ao próprio apresentador, gostei. Senti ali no início uma leve imitação da ex-apresentadora, mas não entendi se foi propositado, o que interessa é que logo passou.

 

E no meio de tudo isto, estou feliz, pois finalmente tenho com que me entreter! 

 

16
Fev18

Epá...

M

Ontem de manhã estava a caminho de casa quando vi algo que me fez bastante confusão!

Uma senhora, ali algures na casa dos vinte/trinta, levava um carrinho com um bebé com cerca de dois anos. Passavam a passadeira e o miúdo levava um brinquedo na mão. Quando se aproximaram do passeio, a mãe (deduzo eu), em vez de levantar as rodas da frente para subir, empurrou o carrinho contra o próprio do passeio! Resultado: o bebé caiu de gatas no chão, o que me leva a crer que nem cinto de segurança tinha!

Fiquei a pensar nesta situação durante o resto da manhã, pois ultimamente eu vejo com cada caso... exemplo: uma vez no shopping, uma gaja levava um bebé pequeno no carrinho e, distraída, bateu com o carrinho na parede!

Eu nunca passeei um bebé, nunca tive sequer contacto a sério com um bebé, não percebo nadinha de bebés! Mas acho que é preciso bom senso, cuidado, vigilância, atenção no que toca a um ser tão pequeno e sensível...

12
Fev18

Sei lá!

M

Há momentos na vida em que temos de guardar certas opiniões e pensamentos para nós próprios, de forma a zelar pelos outros. Mas, muitas vezes, para não magoarmos certas pessoas, acabamos por nos ferir a nós mesmos! Acabamos por nos prejudicar, sentir tristes, não dormir à noite, afastar da nossa própria felicidade e paz interior.

Paz interior. Não sei bem o que isso é. Na maior parte dos dias sinto-me cansada. E não falo só fisicamente! Sinto-me bloqueada! Há pessoas que definitivamente nos sugam a energia... eu quero e preciso de me proteger a mim, à minha mente e ao meu coração. (mas como?)

08
Fev18

Para nos sentirmos velhos

M

Estava eu, no outro dia, a ouvir músicas antigas como "na minha cama com ela" ou até mesmo "jardins proíbidos" quando, de repente, me apareceu uma música que eu a-ma-va!

Claro, tinha de a ouvir e relembrar a magia e o quão viciada eu era na altura. Aliás, eu e a minha mãe, e acredito que muita mais gente!

 

 

Aqui está! "Intervalo" dos Per7ume!

Alguém por esses lados se lembra desta música? Eu era fã. 

E o "pior"? Este vídeo foi lançado há quase dez anos! Tinha eu, na altura, apenas onze!

Meu Deus, o tempo passa rápido demais...

07
Fev18

Filmes | 47 Metros de Terror

M

Foi hoje! Apanhamo-lo no videoclube e nem pensamos duas vezes!

 

 

O filme em si, logo de início, dá a entender que é meio parado. Não sei se é uma graaande surpresa, mas 95% do filme passa-se debaixo de água!

A história é sobre duas irmãs que numa viagem ao méxico decidem ter uma experiência aterradora: enjaularem-se debaixo de água enquanto tubarões as rondam! Só que, ali pelo meio, o cabo que suporta a jaula rebenta, fazendo-as cair e ficar a 47 metros da superfície! Com botijas de ar suficientes para uma hora e sem conseguirem contactar os colegas que estão no barco devido à profundidade a que se encontram, as duas têm de sair da jaula à vez e lutar pela sobrevivência de ambas!

 

Não foi o melhor filme do mundo, até porque era um tanto previsível, mas gostei do final! (não propriamente feliz...)

02
Fev18

Sou tão complicada...

M

Se há coisa que eu preciso de (re)aprender é a ter paciência e a não me irritar com qualquer coisinha.

Hoje eu fervo em pouca água, qualquer coisita destrói a minha paz e atinge o meu humor. E depois geram-se discussões e eu digo o que não devo, o que não quero e o que não sinto. E posteriormente, como é óbvio, acabo por me arrepender e me sentir uma merda.

 

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    Boa sorte com o novo blog vou seguir certamente.

  • HD

    Já fui espreitar mas a casinha ainda está vazia :-...

  • M

    Eu tenho um spray próprio para estas... bichas, ma...

  • M

    espero é que tenha ido para outro lado qualquer.....

  • omeumaiorsonho

    Nada que um mata moscas não resolva ou um spray

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D