Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

doce dezembro

doce dezembro

16
Abr18

Filmes | A Maldição da Casa Winchester

M

 

Este filme é baseado em factos verídicos.

A história passa-se perto de São Francisco e retrata a vida de Sarah Winchester, uma viúva herdeira de uma empresa de armas de fogo (e também de uma grande fortuna).

Sarah Winchester vive assombrada por fantasmas que, de um certo jeito, não conseguem alcançar a paz. A viúva mora numa casa construída a seu mando vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana, durante trinta e oito anos. Além de sete andares, a casa conta também com centenas de quartos, quartos esses que servem de asilo para centenas de espíritos.

A diretoria da empresa de armas de fogo duvida da saúde mental de Sarah e propõe ao doutor Eric Price que passe uns dias na casa desta, com o intuito de a avaliar. Só que também Eric lida com os seus próprios demónios, já que também ele perdeu a sua esposa.

 

Opinião

O filme está fantástico. Aliás, até vos digo mais: está no meu top 3 de filmes de terror dos ultimos tempos!

O filme tem jump scares (muuuitos!) e senti que toda a sala vibrava a cada susto!

É um filme que nos prepara (começa aquela musiquinha duvidosa) mas que não é previsível! É um enigma que nos faz pensar durante algum tempo, mostrando pequenas pistas consoante o decorrer, mas sem deixar óbvia a resposta!

Uma história que nos prende, que fascina, que nos deixa curiosos para saber mais e mais e mais.

 

Nota: 9/10.

Com pena minha não consigo dar 10/10, visto que ali pelo meio há uns breves momentos em que a história fica confusa. De resto, um dos meus filmes favoritos, sem dúvida alguma.

12
Abr18

Filmes | O Boneco de Neve

M

 

Este filme já tem uns mesitos. Era para o ver no cinema com o J mas, como sempre, adiámos tanto que ele saiu dos cinemas.

Ontem estavamos à procura de um filme para alugar e encontramos este, pelo que decidimos ver! Desilusão. Quem não viu, não vale muito a pena perder tempo (e dinheiro) a ver. É parado, meio confuso, desinteressante e olhem... nem queria dar spoiler, mas é tão óbvio que a resposta ao filme inteiro está no início.

Nota: 2/10

26
Mar18

Filmes | The Strangers - Predadores da Noite

M

 

Fui ver este filme de terror no sábado à noite com o meu namorado. Foi ele quem me deu a conhecer.

Quando chegou o dia, às onze da manhã já havia lugares ocupados, apesar do filme ser às dez da noite! Então, fomos num instante ao shopping comprar os nossos bilhetes por precaução.

Eu sinceramente não prestei muita atenção ao trailer, mas que deu a entender ser um bom filme, isso deu!

Um dos maiores motivos para eu ter receio de ver este filme era talvez o facto dos assassinos usarem sempre máscara. Um medo que eu tenho é exactamente esse: pessoas mascaradas. Odeio palhaços, odeio pessoas vestidas com todas aquelas roupas que não deixam ver a cara, odeio não saber quem está ali, que pessoa é aquela! Tenho este "trauma" desde pequena e desde então já fugi de algumas personagens conhecidas dos mais pequenos!

Mas enfim, fomos ver o filme e gostei bastante. É assim, o meu género é mais aqueles filmes de espiritos e coisas por aí, mas estou a tentar deixar isso de parte porque pronto... é estranho... e também já não gosto assim tanto. Fui ver o "Jigsaw: o legado de Saw" quando estreou e gostei também, por isso é que experimentei ver este, pois era mais na onda dos assassinatos e assim.

É uma história que, pelo menos no filme (porque dizem que é baseado em factos reais e eu não duvido, mas ainda não pesquisei sobre isso), é previsivel demais. Deixa-nos sempre na expectativa mas no fim acaba por acontecer o óbvio e o que, na minha opinião, não aconteceria se fosse real (pelo menos comigo não, acho que seria a primeira a ir de pandecos!).

Quando o filme acabou já era meia noite e chovia bem lá fora. Eu e o meu namorado tivemos de apanhar um autocarro e eu fiquei muito paranóica com o que tinha visto. As máscaras, o facto de só terem tirado a máscara a um deles... isso mexe comigo porque sinto a necessidade de saber quem está por baixo daquilo! Mas principalmente fiquei paranóica porque comecei a pensar o que seria de mim se alguém tivesse a ideia de andar assim vestido na rua como andaram por aí de palhaços (graças a Deus nunca apanhei nenhum, porque se apanhasse dava-me uma coisinha má, mas o meu namorado já apanhou vários dentro de um carro quando estava a regressar a casa perto da uma da manhã).

No geral, o filme é muito bom. Previsivel, um bocado "estranho" porque vamos lá ver, há coisas que só em filmes mesmo!

 

Os próximos filmes que quero ver são o "A Cada dia" e o "Death Wish: a vingança". Pesquisem sobre estes filmes se ainda não conhecem, em especial o "A Cada Dia", pois é bastante interessante e creio que uma história verdadeiramente bonita, mas isso só vendo!

07
Fev18

Filmes | 47 Metros de Terror

M

Foi hoje! Apanhamo-lo no videoclube e nem pensamos duas vezes!

 

 

O filme em si, logo de início, dá a entender que é meio parado. Não sei se é uma graaande surpresa, mas 95% do filme passa-se debaixo de água!

A história é sobre duas irmãs que numa viagem ao méxico decidem ter uma experiência aterradora: enjaularem-se debaixo de água enquanto tubarões as rondam! Só que, ali pelo meio, o cabo que suporta a jaula rebenta, fazendo-as cair e ficar a 47 metros da superfície! Com botijas de ar suficientes para uma hora e sem conseguirem contactar os colegas que estão no barco devido à profundidade a que se encontram, as duas têm de sair da jaula à vez e lutar pela sobrevivência de ambas!

 

Não foi o melhor filme do mundo, até porque era um tanto previsível, mas gostei do final! (não propriamente feliz...)

04
Jan18

Filmes | Ferdinando

M

 

Fui ver este filme sábado, dia 30 do mês passado.

 

Desde que vi o trailer do filme, fiquei completamente rendida! Estava com as expectativas bastante elevadas, achava mesmo que iria ser um filme fantástico... E hoje, depois de o ter visto, posso confirmar que estava certa.

 

Não sei se é relevante ou não, mas sou contra touradas. Existem mil e um motivos para se ser contra, aliás, acho que só um cego é que não vê, mas enfim...!

 

É um filme para crianças. Devido a isso, além de educativo é cómico - super cómico!

 

Ri do início ao fim, mas também chorei umas duas ou três vezes! 

 

Eu acho que além de estarem presentes ideias anti-touradas, é um filme que educa no sentido em que passa uma mensagem muito importante, mensagem essa que cada vez é mais esquecida: temos de nos manter fiéis à nossa essência!

Ferdinando era um touro sensível, que não queria brigas! E adorava flores... oh, como ele as adorava! Mas um dia, quando cresceu e se tornou um enorme touro, foi capturado e mandado para arena, para "lutar" contra um toureiro que, ao fim e ao cabo, acabou por o magoar. Ferdinando encheu-se de raiva, mas, quando se apercebeu que acabara de pisar uma flor que alguém havia mandado para arena, sentou-se! Ferdinando manteu-se fiél à sua essência: ele era forte e podia magoar o toureiro de volta, mas sentou-se! Porque a sua essência não era essa.

 

Um filme ao qual atribuo nota máxima, que deixa uma mensagem clara, que põe sentimentos à flor da pele e que nos deixa emocionalmente mais leves!

 

A-MEI.

21
Dez17

Filmes | The Boss Baby

M

Ontem finalmente vi este filme. 

Adiei a ida ao cinema por meses, até que o filme saiu do cartaz. Mas ontem, eu e o J sentamo-nos no sofá e nem sequer pensamos em mais nada: é desta que vemos!

 

Provavelmente vocês já viram este filme - se, assim como nós, gostarem de filmes de animação - mas eu preciso mesmo de comentar porque este filme está super .

 

Em primeiro lugar, acho que o filme retrata bem a realidade de ter um irmão mais novo. Pelo menos eu consegui por-me no lugar do miúdo: quando tinha os meus nove anos, a minha mãe veio perguntar-me se eu queria um mano. Por dentro só consegui pensar "estás doida? Nem pensar!" mas da minha boca somente saiu um leve e doce "não". Hoje, se pudesse voltar atrás, teria mudado a minha resposta! Ter um irmão deve ser tão bom! Mas quando somos filhos únicos e nos dão para a mão uma decisão destas, a primeira coisa que pensamos é no amor que os nossos pais têm por nós, amor esse que, nas nossas cabeças, vai ter de ser dividido! E, pelo menos para mim na altura, eu queria ser o centro das atenções. - estúpida, estúpida, estúpida!

 

Em segundo lugar, fartei-me de rir com o filme. Aliás, fartamo-nos de rir com o filme! Soltamos daquelas gargalhadas boas, sabem? Aquelas que quase fazem chorar e doer a barriga!

 

Por último, morri de amores! É que se um bebé já é fofo, - a M de há dez anos iria surpreender-se imenso ao ouvir a M de agora dizer isto - um bebé gordinho mais fofo é!

 

Concluindo, o filme está demais! Conseguiu dividir-me em várias emoções: fez-me rir, fez-me pensar, fez com que se formassem lágrimas nos meus olhos - ok, eu sei que esta última também não é muito difícil - e é desse estilo de filmes que eu gosto.

Portanto, foi dos melhores filmes que vi este ano, e agora é que me arrependo mesmo de ter adiado tanto tempo!

 

 

P.S.: em principio o próximo filme que vou ver vai ser o Ferdinando, que estreia hoje.

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    Boa sorte com o novo blog vou seguir certamente.

  • HD

    Já fui espreitar mas a casinha ainda está vazia :-...

  • M

    Eu tenho um spray próprio para estas... bichas, ma...

  • M

    espero é que tenha ido para outro lado qualquer.....

  • omeumaiorsonho

    Nada que um mata moscas não resolva ou um spray

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D